Prioridade de Campos é ter Marina de vice

A prioridade do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), é confirmar a participação da ex-senadora Marina Silva como vice na sua provável candidatura à Presidência em 2014.Esse objetivo foi desenhado com pragmatismo político. Em pesquisa que chegou ao conhecimento do PSB, a chapa Campos-Marina tem intenção de voto pelo menos três vezes maior do que quando o governador de Pernambuco é apresentado sozinho nos levantamentos sobre a sucessão presidencial.Campos ainda tem alta taxa de desconhecimento, o que sinaliza potencial para crescer se souber se vender bem. O ex-presidente Lula considera Campos um candidato mais arriscado para a presidente Dilma Rousseff do que o senador tucano Aécio Neves.Daqui até junho, quando os partidos farão as suas convenções para oficializar as candidaturas, o desafio do PSB será administrar as demandas de Marina para a confecção de um programa de governo e a montagem dos palanques estaduais. Tem havido conflito interno.O governador de Pernambuco pretende tocar com paciência essasdivergênciar por entender que, no momento da eleição, a presença de Marina Silva em sua chapa poderá fazer a diferença para levá-lo aosegundo turno. (Do Blog do Kennedy)

Agora,todos os condenados do mensalão querem trabalhar e estudar,antes era só roubar!.

ratos do ptAgência Brasil (Brasília) – A defesa do ex-tesoureiro do PL (atual PR) Jacinto Lamas, condenado a cinco de prisão por lavagem de dinheiro na Ação Penal 470, o processo do mensalão, pediu hoje (22) ao Supremo Tribunal Federal (STF) autorização para trabalhar e estudar fora do presídio, além de visitar parentes. A decisão será do presidente da Corte, Joaquim Barbosa. Lamas é um dos 11 condenados no processo que estão presos na Penitenciária da Papuda, em Brasília.No documento encaminhado ao STF, a defesa informa que Lamas quer estudar fisioterapia. Por ter sido condenado a cumprir pena abaixo de oito anos, o ex-tesoureiro tem direito a trabalhar. De acordo com a Lei de Execução Penal, condenados em regime semiaberto podem trabalhar dentro do presídio, em oficinas de marcenaria e serigrafia, por exemplo, ou externamente, em uma empresa que contrate detentos.ratos de brasilia

Jeito Petista de Governar…

Transposição: rachaduras, remendos, mato, ritmo lento

Canais para levar água a vítimas da seca só ficarão prontos no final de 2015

Trechos que já estavam prontos apresentam rachaduras, remendos e mato antes mesmo da conclusão do projeto

Da Folha de S.Paulo – Daniel Carvalho 

A presidente Dilma Rousseff disse ontem em Fortaleza que a obra de transposição do São Francisco ‘está andando’. Na prática, contudo, o cenário é outro: rachaduras, remendos, mato e trabalhos em ritmo lento. Folha percorreu nesta semana os dois canais da obra — o leste e o norte. Encontrou placas de concreto rachadas sendo remendadas, em vez de substituídas por novas peças.A transposição ganhou recentemente contornos eleitorais. O presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG) exibiu trechos abandonados no programa nacional do partido, o que levou Dilma a cobrar a aceleração das obras. Ontem, em Fortaleza, a presidente se referiu à obra mesmo sem ser questionada.‘Também a interligação do São Francisco [está andando] antes que você fale para mim que a interligação está parada’, afirmou a jornalistas.A conclusão prevista inicialmente para 2012, foi remarcada para dezembro de 2015. A construção dos 477 km de canais é a mais cara ação federal de combate aos efeitos da seca no Nordeste.

Agora são R$ 8,2 bilhões 

O orçamento total pulou de R$ 4,6 bilhões para R$ 8,2 bilhões desde o início dos trabalhos, em 2007, durante o segundo mandato de Lula.Em Floresta, no sertão pernambucano, uma imagem resume o cenário atual: num canal de concreto, vê-se a carcaça de um bode, animal resistente à caatinga, mas que não suportou a uma das piores secas dos últimos 60 anos.Quando prontos, os dois canais levarão parte da água do São Francisco a rios e açudes de quatro Estados (CE, PE, PB e RN). Para que a água chegue de fato aos sertanejos, são necessárias adutoras, instaladas pelos Estados.Em 2007, a obra só começou após o governo derrubar ações na Justiça que denunciavam impactos ambientais e negociar o fim da greve de fome de um bispo da Bahia.

Atrasos 

A imprecisão dos projetos básicos exigiu novas licitações, renegociação de contratos e interrupção do serviço pelas empreiteiras. Os únicos trechos prontos são dois lotes feitos pelo Exército.Quem toca a obra é o Ministério da Integração Nacional, até outubro comandado por Fernando Bezerra, indicado pelo provável candidato à Presidência e governador Eduardo Campos (PSB-PE).Em quatro canteiros, há trabalho 24 horas: Salgueiro e Cabrobó, em PE, Jati, no CE, e São José de Piranhas, na PB.Em geral, porém, o ritmo é lento nos locais onde a obra foi retomada. Operários ainda são contratados em cidades como Sertânia (PE).

“As elites, sempre elas”

 Por José Aníbal

Até agora, de tudo o que foi divulgado sobre os desagravos de setores do PT contra o desfecho do mensalão, ficou claro quem são os alvos preferenciais: o Supremo Tribunal Federal, na figura de seu presidente, ministro Joaquim Barbosa; a grande imprensa, principalmente jornais e tevês; e as “elites”.Em relação ao STF, o que dizer? As decisões da corte são colegiadas. A maioria dos ministros foi escolhida por Lula e Dilma, todos devidamente sabatinados e endossados pelo Senado. Sobre a mídia, as críticas se dividem: ora reclamam dos recortes tendenciosos, ora da cobertura ao vivo, que impede qualquer edição.
O que não se entende é a fixação do PT com essa entidade amorfa e onipresente, algo maquiavélica e certamente diabólica, a que chamam “elite”. Não há circunstância que não seja resultado das velhacarias da elite, que vive por conta de assombrar os meninos bonzinhos do governo popular.Se os banqueiros encheram as burras nos governos do PT, pouco importa: dessa elite eles gostam muito. Que romarias de empresários façam fila na porta do Instituto Lula ou que o ex-presidente tenha virado agente internacional dos capitalistas brasileiros, sem problemas. Essas são as elites boazinhas. As malvadas são as que não gostam do PT.

"As elites, sempre elas". Por José Aníbal

Até agora, de tudo o que foi divulgado sobre os desagravos de setores do PT contra o desfecho do mensalão, ficou claro quem são os alvos preferenciais: o Supremo Tribunal Federal, na figura de seu presidente, ministro Joaquim Barbosa; a grande imprensa, principalmente jornais e tevês; e as "elites".

Em relação ao STF, o que dizer? As decisões da corte são colegiadas. A maioria dos ministros foi escolhida por Lula e Dilma, todos devidamente sabatinados e endossados pelo Senado. Sobre a mídia, as críticas se dividem: ora reclamam dos recortes tendenciosos, ora da cobertura ao vivo, que impede qualquer edição.

O que não se entende é a fixação do PT com essa entidade amorfa e onipresente, algo maquiavélica e certamente diabólica, a que chamam "elite". Não há circunstância que não seja resultado das velhacarias da elite, que vive por conta de assombrar os meninos bonzinhos do governo popular.

Se os banqueiros encheram as burras nos governos do PT, pouco importa: dessa elite eles gostam muito. Que romarias de empresários façam fila na porta do Instituto Lula ou que o ex-presidente tenha virado agente internacional dos capitalistas brasileiros, sem problemas. Essas são as elites boazinhas. As malvadas são as que não gostam do PT.

Leia a íntegra no blog:

Ministra do TSE reconduz Julio Lossio à Prefeitura de Petrolina

A ministra Laurita Vaz, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), acatou, há pouco, o agravo regimental impetrado pelo prefeito cassado de Petrolina, Julio Lossio (PMDB), e, com isso, assegura a recondução do peemedebista ao cargo até que o pleno da Suprema Corte Eleitoral do país julgue o processo de cassação de diploma movido pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).Com a decisão desta sexta-feira (22), o segundo colocado na disputa pela Prefeitura de Petrolina na eleição do ano passado, o deputado federal Fernando Filho (PSB), fica impedido de ser empossado na próxima quarta-feira (27), como havia sido agendado previamente após a decisão monocrática da mesma ministra, divulgada na última quarta-feira (20).

Tentou enganar a justiça,agora quer enganar a medicina….

Instituto de Cardiologia descarta infarto de José Genoino

Boletim médico divulgado pelo Instituto de Cardiologia do Distrito Federal (IC-DF), no início da tarde desta sexta-feira (22), descartou um enfarto do miocárdio do deputado licenciado José Genoino (PT-SP). O ex-presidente do Partido dos Trabalhadores deu entrada no instituto na tarde da última quinta-feira (21), quando foi submetido a uma série de exames.De acordo com o boletim, foram diagnosticados “níveis pressóricos (pressão arterial)” no paciente que poderiam comprometer o resultado da cirurgia de correção e de dissecção da artéria aorta e “alteração de coagulação secundário ao uso de anticoagulante, o que aumenta o risco de sangramentos.Segundo os médicos do instituto, Genoino tem um histórico clínico de hipertensão arterial sistêmica. “O paciente foi reavaliado pela manhã, encontra-se estável e deverá permanecer internado até o controle adequado da pressão arterial e dos parâmetros de coagulação”, informaram os médicos no boletim.